Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Enem: candidata pode ter sido eliminada por engano

Estudante teria sido desclassificada por ter sido confundida com homônima que divulgou no Instagram fotos durante a prova, o que é proibido

O Ministério da Educação pode ter eliminado por engano uma candidata do Enem 2012 por tê-la confundido com uma homônima. A informação consta de reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Estado de S. Paulo. A eliminação teria sido decorrente da publicação de fotos durante a realização da prova: Jacqueline Chen, da cidade de Mogi das Cruzes (SP), teria feito a postagem na rede Instagram, o que é proibido pelo regulamento do exame, mas foi sua homônima da cidade de São Paulo quem foi desclassificada.

A foto foi postada no sábado, primeiro dia de prova. No domingo, a Jacqueline de São Paulo foi informada pelo fiscal do exame que sua prova havia sido anulada e pediu que ela assinasse um termo de eliminação. A estudante teria pedido provas de que fora a responsponsável pela postagem, mas o fiscal teria dito que a ordem partira de Brasília.

Segundo o jornal, o MEC poderá agora punir a estudante de Mogi das Cruzes, que deverá ser desclassificada. Já a paulistana deverá ter uma nova chance de fazer a prova nos dias 4 e 5 de dezembro, juntamente com participantes que enfrentaram problemas durante a aplicação do Enem no último fim de semana. É o caso de Pâmela de Oliveira Lescano, que deu à luz no banheiro da escola onde fazia a prova.

Nos dois dias de prova, 65 inscritos foram eliminados por publicar nas redes sociais fotos do caderno de questões a partir da salas de prova, o que viola as normas do Enem. Segundo o edital do concurso, os celulares, assim como todos os aparelhos eletrônicos, devem ser desligados e lacrados antes do início do exame. Desde a manhã do sábado, o MEC informou que estava monitorando de perto as redes sociais para identificar as irregularidades.

O gabarito oficial da prova foi divulgado na última terça-feira e os resultados devem ser publicados no dia 28 de dezembro. Em janeiro, serão abertas as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para universidades públicas, e para o Programa Universidade Para Todos (ProUni), que oferece bolsas de estudo em universidades particulares.

Vale lembrar que o Enem é corrigido segundo a Teoria da Resposta ao Item (TRI), um método internacionalmente difundido em que a nota final não é resultado da simples soma do número de questões que o participante acerta. Isso porque nem todas questões têm o mesmo valor. Se o participante acerta somente questões difíceis, sinaliza ao sistema de correção inconsistência no domínio da disciplina avaliada, pois a TRI considera que o conhecimento necessário à resolução dos testes fáceis é um pré-requisito à solução dos mais complexos.

Leia mais

Seis formas de usar a nota do Enem

Saiba como é calculada a nota do Enem

Como as universidades vão usar a nota do Enem 2012

Saiba o que fazer caso ocorram novas falhas no Enem

Leia a cobertura completa do Enem 2012:

MEC divulga o gabarito oficial do Enem 2012

Abstenção do Enem custa R$ 90,4 milhões ao governo

‘Fator surpresa’ pode baixar notas da redação no Enem

Redações do Enem com 3ª correção devem triplicar