Curso de Harvard sobre primeira infância chega ao Brasil

Programa é voltado para profissionais que atuam com políticas públicas para crianças de 0 a 6 anos de idade

Este ano será realizado pela primeira vez no Brasil o Curso de Liderança Executiva em Desenvolvimento da Primeira Infância, criado pela Universidade Harvard, nos Estados Unidos e pelo Núcleo Ciência Pela Infância (NCPI). O programa é voltado para profissionais que atuam com políticas públicas para crianças de 0 a 6 anos de idade, como gestores públicos, representantes do terceiro setor e professores.

A proposta do curso é ajudar os participantes a desenhar, implantar e gerenciar programas e políticas públicas de primeira infância, com base em evidências científicas e que criem soluções inovadoras para os problemas do setor. A iniciativa é um projeto colaborativo entre Fundação Maria Cecília Souto Vidigal (FMCSV), Center on the Developing Child e David Rockefeller Center for Latin American Studies, ambos de Harvard, Insper, Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e Hospital Infantil Sabará.

Leia também:

Por que investir na primeira infância pode mudar o Brasil

rasil deve investir na pré-escola, diz Nobel de Economia

Educação infantil: o dever de casa do Brasil para o futuro

‘Investir em educação infantil é investir em capital humano’

O curso acontece em dois módulos. O primeiro será um programa intensivo de liderança executiva, com duração de uma semana. O segundo módulo inclui um workshop de dois dias. As aulas serão realizadas entre os meses de abril e junho no Insper, em São Paulo. Além das etapas presenciais, os participantes vão realizar atividades a distância.

Entre os professores, estão Luiz Felipe D’Ávila, presidente do Centro de Liderança Pública, Naércio Menezes Filho, especialista em educação e professor do Insper e Charles Nelson III, professor de pediatria e neurociência na escola de medicina de Harvard.

Os interessados podem encontrar mais informações na página do curso na internet. O prazo para inscrição vai até o dia 30 de março.