Compartilhamento de bicicletas tem início nesta 4ª na USP

Projeto PedalUSP dá início a fase de testes; serão 4 bicicletas e 2 estações

A Universidade de São Paulo (USP) dá início nesta quarta-feira ao período de testes do projeto PedalUSP, um sistema de compartilhamento de bicicletas para alunos, professores e funcionários da cidade universitária. O uso é gratuito, desde que a devolução da bicicleta seja feita em qualquer estação dentro do tempo permitido.

Nesta fase experimental, que deve durar até novembro, o PedalUSP terá quatro bicicletas e apenas duas estações, que armazenarão os veículos disponíveis para serem utilizados a qualquer hora do dia. Antes da primeira utilização, os usuários precisarão se cadastrar no sistema central de operações usando seu cartão de identificação da universidade.

O objetivo da universidade é implementar 10 estações, totalizando 100 bicicletas. Mas, para isso, o projeto necessita de parceiros e patrocinadores. Durante o período de testes, a universidade pretende aprimorar a tecnologia de modo a chamar a atenção de possíveis interessados na tarefa de expandir o projeto.

Projeto – O PedalUSP foi concebido por dois alunos da Escola Politécnica da USP durante um intercâmbio na França, onde o sistema de compartilhamento de bicicletas é bastante difundido. O projeto foi tema do projeto de conclusão de curso dos estudantes e posteriormente apresentado à Coordenadoria do Campus da Capital (Cocesp) da USP, que apoiou institucional e financeiramente os engenheiros.

A Cocesp desembolsará por mês 5.000 reais para a manutenção do sistema durante a fase de testes.