Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Como se preparar para uma entrevista em inglês

Especialistas apontam as melhores técnicas para treinar conversação e, assim, reduzir o nervosismo do candidato

Entrevista de emprego em inglês é um dos principais motivos de tensão entre os candidatos à procura de uma vaga no mercado de trabalho. E mentir – ou exagerar, vá lá -sobre a fluência do idioma no currículo pode ser ainda pior para o profissional. Segundo pesquisa do site Vagas.com, a prática é bastante comum. O levantamento aponta que apenas 36% das pessoas que afirmam ter nível de inglês avançado ou fluente no currículo conseguem, de fato, se comunicar bem no idioma. “O número revela que há um critério subjetivo dos candidatos a respeito de seus próprios conhecimentos. Muitos se consideram fluentes por dominar leitura e escrita, mas falham na comunicação verbal”, explica Rafael Urbano, consultor do Vagas.com.

Segundo Urbano, essa autoavaliação equivocada prejudica o profissional que está pleiteando uma nova posição no mercado de trabalho. “Para se submeter ao desafio de uma entrevista em outra língua, é necessário ter capacidade de sustentar uma conversa profissional. Muitos candidatos não se preparam adequadamente para isso e acabam perdendo a vaga.”

A pedido de VEJA.com, as professoras Camila Barbosa, fundadora da escola Evolve Languages, especializada no ensino de inglês para negócios, e Susanna Zaraysky, autora do livro Idioma é música (Ed. Kaleidomundi, 37,60 reais), elaboraram um guia para ajudar quem precisa passar por uma entrevista em inglês.

Leia também:

Brasil fica em 38º em ranking mundial de ensino de inglês

Novo sistema oferece diploma americano a brasileiros que estudam no Brasil

Dez destinos preferidos dos brasileiros para estudar inglês

Cinco cursos de inglês online que oferecem aulas ao vivo

Segundo Camila, ter nível intermediário é o mínimo para se submeter a esse tipo de entrevista. “Uma pessoa com nível básico dificilmente conseguirá compreender o entrevistador, principalmente se ele for estrangeiro. Se o gestor precisar repetir todas as perguntas, ficará evidente que o entrevistado não tem bom nível de compreensão do idioma”, alerta.

De acordo com a especialista, a preparação para uma entrevista desse nível deve começar com algumas semanas de antecedência. “O tempo varia de acordo com a fluência de cada pessoa. Se há poucos dias para o treino, recomendo praticar mais a compreensão auditiva e a fala do que regras de gramática, pois, pior do que dar uma resposta com erros gramaticais é não entender a pergunta do entrevistador”, diz.

Mesmo para quem tem conhecimentos razoáveis do idioma, a prática antes da entrevista é essencial. “Até quem é fluente em inglês mostra sinais de nervosismo em encontros profissionais. Treinar ajuda a minimizar essa sensação”, afirma Susanna Zaraysky.