Walter Longo destaca força da inovação em “A Revolução do Novo”

O encontro realizado por VEJA e EXAME com apoio da Coca-Cola Brasil debate as mudanças globais e seu impacto nas empresas

Não inovar não é uma opção. As mudanças na sociedade, na tecnologia, na política e nos negócios são tão rápidas e intensas que ninguém pode ignorá-las. Essa foi a tônica da apresentação de Walter Longo, presidente do grupo Abril, na abertura do fórum A Revolução do Novo.

O evento, que acontece hoje em São Paulo, é realizado por VEJA e EXAME em parceria com a Coca-Cola Brasil. É o segundo de uma série que aborda como as mudanças tecnológicas, políticas, sociais e nos negócios afetam as pessoas, as empresas e o mundo.“A mudança é o único estado permanente. Se antes tínhamos de mudar para avançar, agora temos de mudar para não recuar. Cabe aos líderes promover ambiente de mudança constante”, disse Walter Longo.
Para ele, as empresas têm de desenvolver uma alma digital. “É a capacidade de rever nossos paradigmas de gestão aproveitando os superpoderes que a tecnologia proporciona”, diz.

Longo cita alguns benefícios de uma adoção decidida dos avanços tecnológicos. Eles permitem trocar custos fixos por variáveis, estabelecer uma relação constante e individual com clientes, reduzir headcount por meio de estruturas matriciais e construir canais complementares de vendas, serviços e atendimento.

“Empresas não morrem somente por fazer coisas erradas. Morrem também por fazer coisas certas por tempo longo demais”, diz Longo. “Não devemos temer as mudanças. Devemos mudar os que temem as mudanças”, completa ele.

O encontro A Revolução do Novo traz uma série de palestras e debates. O biólogo e empreendedor Fernando Fernando Reinach fala sobre o tema “Inovação e Inovação Radical”.

As transformações trazidas pelos avanços tecnológicos serão discutidas por Romero Rodrigues, fundador do Buscapé, Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank, e Paula Bellizia, presidente da Microsoft Brasil.

Haverá, também, uma entrevista com Vicente Falconi, sócio-fundador da Falconi Consultores de Resultado, com o mote “A gestão no ambiente disruptivo”.

A agenda se completa com um debate sobre a sustentabilidade nos negócios. Participarão dele Guilherme Leal, copresidente do Conselho de Administração da Natura; Roberto Waack, presidente da Fundação Renova; e Claudia Lorenzo, vice-presidente de relações corporativas da Coca-Cola.