Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Volks investirá US$ 570 milhões em ‘caminhões digitais’ até 2020

Montadora tem ampliado pesquisas em tecnologias que, no futuro, podem até substituir os motoristas no transporte de cargas

A divisão de caminhões da Volkswagen anunciou nesta segunda-feira que gastará cerca de meio bilhão de euros (cerca de 570 milhões de dólares) até o fim da década para aprimorar recursos digitais de veículos para o transporte de bens pesados.

A rival alemã Daimler tem estado na primeira linha das fabricantes que têm proposto caminhões sem motoristas, citando melhoras na segurança para os motoristas e eficiência de uso de combustível. Dailmer e Volks preveem que, com o tempo, essas tecnologias vão superar obstáculos jurídicos no transporte de carga rodoviário para que os veículos possam rodar sem motoristas.

A Volkswagen, que começou a fortalecer suas operações com caminhões antes do escândalo de emissão de poluentes em setembro do ano passado, está investindo em digitalização e novas tecnologias de mobilidade como parte de esforços para se reposicionar e superar o escândalo ambiental.

O grupo Truck & Bus da VW disse que gastará “uma quantidade de milhões de euros de em média três dígitos” nos próximos cinco anos em recursos digitais conforme busca melhorar a comunicação de sensores integrados com freios automáticos e outros sistemas.

A MAN, parte da divisão de caminhões da VW com a subsidiária sueca Scania, está usando um evento em Munique, na Alemanha, nesta segunda-feira, para exibir a viabilidade de um sistema no qual um veículo dirigido por uma pessoa é seguido em comboio por outros caminhões semiautomatizados.

Leia também:

Cade formaliza aprovação de compra do HSBC por Bradesco com restrições

Revisão de resgate é urgente, diz Grécia

(Com agência Reuters)