Venda de imóveis novos em São Paulo cai 36,5% em maio

Dados divulgados pela Secovi mostraram que foram vendidas 2.080 unidades e que os negócios totalizaram R$ 1,35 bilhão no período

As vendas de imóveis novos na cidade de São Paulo caíram 36,5% em maio ante igual período de 2013, para 2.080 unidades, informou nesta terça-feira o sindicato da habitação paulista, Secovi. Na comparação com abril, houve retração de 3,1%. Já o Valor Geral de Vendas (VGV) ficou em 1,35 bilhão de reais em maio, alta de 0,6% sobre o mês anterior.

“Aproximadamente 76,3% das unidades vendidas no mês foram de lançamentos feitos nos últimos seis meses”, disse o Secovi, em nota. O sindicato ainda afirmou, com base em dados da Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp), que os lançamentos em São Paulo subiram 13% em maio ante igual período de 2013, para 2.681 unidades.

Leia também:

Preço de imóveis no Brasil desacelera em junho

Imóveis têm queda de preço real no país em maio

Preço de imóveis desacelera pelo 6º mês

Acumulado do ano – Nos primeiros cinco meses do ano, as vendas de imóveis novos na São Paulo totalizaram 7.982 unidades, recuo de 41,4% ante igual período de 2013. A venda de lançamentos também tiveram queda de 14%, para 8.947 unidades, na mesma base de comparação.

Segundo o Secovi, os resultados até maio foram provavelmente influenciados por grandes eventos como Carnaval em março, mudança no calendário das férias escolares e Copa do Mundo. “No entanto, existe a tendência de o mercado imobiliário se recuperar no segundo semestre com maior volume de lançamentos e produtos pouco explorados nos últimos anos, como imóveis de 3 e 4 dormitórios”, disse o presidente do sindicato, Emílio Kallas.

Leia ainda:

Cobertura mais cara de Manhattan está à venda. Quer comprar?

​Antiga mansão de Walt Disney é vendida nos EUA

Gisele Bündchen vende mansão por 40 milhões de dólares

(com agência Reuters)