Uber é multada em SP por cobrança indevida

O Procon-SP recebeu 18 reclamações contra a Uber entre os meses de janeiro e fevereiro

A Uber foi multada pela Fundação Procon-SP nesta quarta-feira (08) em 13.653,33 reais. O valor ainda pode sofrer alterações, já que o cálculo é feito de acordo com a gravidade da infração, vantagem auferida e condição econômica do fornecedor.

A empresa de mobilidade urbana teria infringido três vezes o Código de Defesa do Consumidor (CDC). As infrações referem-se à cobrança de serviços não prestados, não restituição destes valores de acordo com a lei – a restituição deve ser feita em dobro – e por não disponibilizar no site informações relacionadas a identificação da empresa.

Segundo o Procon-SP, entre os meses de janeiro e fevereiro de 2017 foram feitas 18 reclamações sobre o serviço de transporte.

A Uber foi notificada ontem da decisão e tem até 15 dias para recorrer da multa. A empresa informou, por meio de nota, que irá apresentar esclarecimentos ao Procon-SP e que tem canais de suporte para os usuários.

Outro lado do Uber

A Uber busca oferecer a motoristas parceiros e usuários um serviço 5 estrelas. Com isso em mente, vamos apresentar nossos esclarecimentos para o Procon-SP. É importante lembrar que temos canais de suporte acessíveis pelo próprio aplicativo para que usuários possam reportar de forma rápida e eficiente qualquer problema com sua viagem. Recentemente, anunciamos um investimento de R$200 milhões em iniciativas para tornar esse suporte aos usuários e parceiros ainda mais eficaz e rápido, criando cerca de 7 mil empregos diretos de atendimento até o fim de 2017.