Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tesouro americano alerta contra uso excessivo de sanções

Secretário do Tesouro dos EUA, Jack Lew afirma que adoção de restrições pode enfraquecer liderança econômica do país e o papel do dólar como moeda de referência

O uso excessivo de sanções financeiras poderá enfraquecer o papel dos Estados Unidos e do dólar nos mercados mundiais, advertiu nesta quarta-feira o secretário do Tesouro, Jack Lew. Em um discurso em Washington, Lew pediu que se evitasse recorrer a sanções de forma “corriqueira”.

“Devemos ser conscientes que o risco de um abuso na aplicação das sanções pode prejudicar nossa posição de liderança na economia mundial e a eficácia das próprias sanções”, disse Lew no centro de análises Carnegie Endowment for International Peace.

O secretário acrescentou que “o risco de um uso excessivo de sanções poderá levar a uma redução da atividade do sistema financeiro americano” e a um menor protagonismo do “dólar como principal moeda de reserva”, deixando que outros assumam um papel mais destacado no sistema financeiro mundial.

“Se jurisdições e empresas estrangeiras sentem que aplicamos sanções sem justificativa suficiente ou por motivos inapropriados – em particular sanções secundárias – não deveríamos nos surpreender caso eles busquem formas de evitar fazer negócios com Estados Unidos ou em dólares americanos”, advertiu.

Leia mais:

Brasil atrai mais capital estrangeiro em março, mostra IIF

(Com AFP)