S&P mantém nota de Portugal, mas espera extensão do plano de ajuda

A agência de classificação financeira Standard and Poor’s manteve nesta quinta-feira a nota de Portugal na categoria de investimento especulativo, mas espera que haja uma extensão da ajuda de 78 bilhões de euros concedida em maio de 2011 pela UE e o FMI.

A agência mantém a nota da dívida portuguesa em longo prazo, em BB, com “perspectiva negativa” devido aos vínculos financeiros e comerciais entre Portugal e Espanha, atualmente no centro das preocupações da Zona Euro.