Santander Brasil tem lucro gerencial de R$ 1,8 bi no 2º trimestre

Carteira de crédito encolheu 4% frente a igual período de 2015

O Santander Brasil, maior banco estrangeiro no país, anunciou nesta quarta-feira que teve lucro de 1,806 bilhão de reais no segundo trimestre ante resultado positivo no mesmo período de 2015 de 1,675 bilhão. Após despesas com ágio (diferença entre cotação de moedas dos dois países), o lucro societário somou 1,347 bilhão de reais, ante 3,881 bilhões de reais informados no mesmo período do ano passado.

A carteira de crédito ampliada encolheu 4% sobre um ano antes, passando de 321,6 bilhões de reais para 308,4 bilhões. A qualidade da carteira teve leve melhora ante o primeiro trimestre, uma vez que o índice de inadimplência acima de 90 dias recuou a 3,2% ante 3,3% nos três primeiros meses do ano. Sobre o segundo trimestre do ano passado, o índice se manteve estável.

O resultado de créditos de liquidação duvidosa do banco foi de 2,515 bilhões de reais no trimestre passado ante 2,338 bilhões de abril a junho de 2015 e 2,424 bilhões nos três primeiros meses de 2016. O número mostra a expectativa de perdas com calotes nos próximos meses. Em outra frente, o banco teve um aumento anual de 14% nas receitas com tarifas, a 3,33 bilhões de reais.

Leia também:
Magazine Luiza faz promoção após tombo de Luiza Trajano
Apple chega a 1 bilhão de iPhones vendidos; reveja modelos

As despesas gerais, incluindo de pessoal e administrativas, somaram 4,424 bilhões de reais de abril a junho, alta anual de 3%. O retorno do Santander Brasil sobre o patrimônio líquido médio excluindo ágio ficou em 13% no período ante 12,8% no segundo trimestre de 2015.

(Com agência Reuters)