Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Relatório preliminar do TCU aponta prejuízo com Pasadena

Documento, obtido pelo jornal 'O Globo', mostra que a compra de apenas a primeira parte da refinaria já provocou dano de US$ 126 milhões

Relatório preliminar do Tribunal de Contas da União (TCU), concluído em novembro, aponta dano financeiro de 126 milhões de dólares na compra, pela Petrobras, da primeira metade da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. O julgamento do caso será embasado por outro parecer, ainda em elaboração, a ser levado ao plenário pelo relator, ministro José Jorge.

Segundo o relatório preliminar, em janeiro de 2006 a consultoria Muse Stancil avaliou 100% da refinaria em 126 milhões de dólares. Em setembro do mesmo ano, a estatal pagou 189 milhões de dólares por 50% dela. Na ocasião, a Petrobras divulgou que pagou mais 170 milhões de dólares por estoques de óleo em Pasadena. Porém, segundo o relatório preliminar do TCU, eles valeriam bem menos: 66,7 milhões de dólares.

A Petrobras admite que a compra de 100% de Pasadena – cujo valor superou 1,2 bilhão de dólares – não foi um bom negócio e causou prejuízo total de 530 milhões de dólares. Os números foram divulgados pelo jornal O Globo, que teve acesso ao relatório.

Leia também:

Em dois anos sob gestão da Petrobras, Pasadena perdeu US$ 300 mi

Conselheiro da Petrobras não foi consultado sobre operação de R$ 15 bi

Às vésperas da campanha, Dilma reedita ‘o petróleo é nosso’

(com Estadão Conteúdo)