Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Relatório do BNDES defende investimentos no JBS

Divulgação de documento acontece após o STF decidir que banco será obrigado a informar ao TCU dados sobre as operações de crédito do frigorífico

Em uma reação às críticas de falta de transparência, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) divulgou recentemente, pela primeira vez, um estudo de caso sobre os impactos de seus investimentos na JBS. Segundo reportagem desta sexta-feira do Valor Econômico, o documento do banco destaca efeitos como internacionalização, redução dos abates clandestinos bovinos e melhores práticas socioambientais por parte dos fornecedores, além do retorno financeiro positivo dos aportes feitos na gigante global de carnes.

Entre 2007 e 2009, o BNDES investiu 5,6 bilhões de reais na compra de parte do capital do JBS. Hoje, se o banco estatal vendesse ações que ainda tem em carteira (23% do capital), considerando seu valor de mercado, poderia embolsar cerca de 11,5 bilhões de reais, o que representa um lucro de quase 6 bilhões de reais.

O ganho poderia ser ainda maior se não fosse a triangulação feita pelo governo no fim de 2012 para capitalizar a Caixa Econômica Federal. Na ocasião, o BNDES transferiu cerca de um terço de suas ações no JBS para o Tesouro, que os repassou à Caixa. Na época, as ações foram transferidas por 6,04 reais. Atualmente, esses papéis valem bem mais, 16,84 reais.

A divulgação do relatório acontece depois que a 1ª turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que o BNDES será obrigado a informar ao Tribunal de Contas da União (TCU) dados completos sobre as operações de crédito do JBS.

Leia também:

BNDES terá atuação limitada em debêntures de infraestrutura

Dono da Azul pode ter apoio do BNDES para compra da TAP

(Da redação)