Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Regra que facilitava pagamento de boleto vencido é adiada

Permissão para pagar boletos abaixo de R$ 2.000 em qualquer banco foi adiada; boletos acima de R$ 2.000 já podem ser quitados em qualquer instituição

A mudança no sistema de pagamento de boletos bancários que permitiria a quitação dos documentos vencidos entre 500 reais e 2.000 reais em qualquer banco foi adiada para 2018. As informação foi divulgada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) nesta segunda-feira. A mudança estava prevista para começar nesta segunda.

A chamada Nova Plataforma de Cobrança está em vigor desde julho deste ano, e a implementação está sendo feita em etapas. Atualmente, vale para documentos com valor acima de 2.000 reais, o que representa 3,7% dos boletos emitidos no país, segundo a Febraban.

A instituição disse, em comunicado, que os bancos decidiram adiar o cronograma em razão do grande volume de documentos a serem processados. O prazo original previa que todas as etapas estivessem concluídas até dezembro deste ano. Por ano, são emitidos cerca de 4 bilhões de boletos de cobrança no país, segundo a Febraban.

No sistema antigo, os boletos podem ser pagos em qualquer banco até a data de vencimento. Depois de um determinado período, o pagamento só pode ser efetuado no banco emissor do documento.

O novo sistema faz com que cada boleto emitido tenha um registro único, e que as informações sejam compartilhadas entre as instituições. É necessário que o pagador informe seu CPF ou CNPJ para realizar o pagamento. O objetivo é evitar fraudes e duplicidade de pagamentos.