Raízen investirá 7 bilhões de dólares nos próximos cinco anos no Brasil

A maior parte do investimento visará a ampliação da produção de etanol, açúcar e energia elétrica

A Raízen, recém-criada joint venture da fusão de operações entre Shell e Cosan, investirá 7 bilhões de reais no Brasil nos próximos cinco anos, segundo afirmou o presidente da empresa, Vasco Dias, nesta terça-feira. A maior parte do investimento, cerca de 5 bilhões de dólares, será destinada à ampliação da produção de etanol, açúcar e energia elétrica cogerada. O restante será direcionado à rede de postos de combustíveis e operações de logística da Raízen.

“A meta é ampliar de 60 milhões para 100 milhões de toneladas a moagem anual de cana das usinas”, disse Dias, que participou da plenária de encerramento do Ethanol Summit, em São Paulo. A companhia possui ainda quatro projetos de novas unidades sucroalcooleiras que fazem parte do investimento. Dias considera aquisições de novas unidades, mas descarta investimentos na ampliação de usinas já existentes.

O presidente da Raízen afirmou ainda que a transformação do etanol em commodity, com a negociação no mercado mundial, é uma meta da empresa.

(com Agência Estado)