Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Raia e Drogasil negociam fusão

SÃO PAULO (Reuters) – As redes de drogarias Raia e Drogasil anunciaram nesta terça-feira que estão negociando uma associação entre as empresas em uma única companhia listada no Novo Mercado da Bovespa.

Segundo fato relevante, as duas companhias vêm estudando alternativas de estrutura para a operação, bem como negociando um acordo de associação, para regular seus termos e condições.

“Além disso, os acionistas que exercem o controle das duas companhias vêm negociando um acordo de acionistas”, informaram as empresas.

As ações de ambas as companhias dispararam nesta terça-feira, com operadores de mercado citando rumores de que elas estariam planejando se unir.

A edição desta semana da revista IstoÉ foi a primeira a noticiar a negociação, com nota afirmando que seria anunciada nos próximos dias a união das duas redes de drogarias, criando uma empresa com vendas de 1 bilhão de reais e cerca de 700 lojas.

As ações da Drogasil avançaram 10,23 por cento, para 11,85 reais, enquanto as da Raia subiram 4,17 por cento, a 27,71 reais. Os papéis não integram a carteira teórica do Ibovespa, índice com os principais papéis brasileiros e que caiu 1,05 por cento nesta terça.

A Drogasil ocupa a vice-liderança entre as redes de drogarias nacionais, seguida pela Raia. Em junho do ano passado, a Drogaria São Paulo adquiriu a rede Drogão, dando origem à maior rede farmacêutica paulista e nacional.

(Reportagem de Cesar Bianconi; Edição de Aluísio Alves)