Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Quer pagar mais barato em passagem aérea? Atenção à busca na web

Existe diferença até se você usa Android ou iOS, PC ou Mac

A passagem aérea é um dos produtos com os preços mais voláteis do mercado, com alterações de valor que oscilam de acordo com a hora, a data, a companhia e outras variantes. Quem determina essa mudança, porém, não são humanos, mas algoritmos usados por empresas para melhor gerenciar as constantes diferenças entre a oferta e a procura por destinos e passagens. Portanto, a melhor maneira de escolher a passagem certa pagando menos é usar a mesma arma das companhias: os algoritmos de diferentes sites de busca e apps.

Há uma infinidade de ferramentas que oferecem busca por passagens baratas, mas a maneira mais eficiente para pagar menos é buscando os dados de diferentes fontes. Por exemplo: uma mesma passagem de uma companhia “X” pode ter preços diferentes nos apps, no balcão da empresa, no site da companhia ou mesmo se for comprada pelo sistema de televendas. A dica — para quem tem tempo, claro — é pesquisar sempre.

Leia também
McDonald’s lança batata frita com abóbora e chocolate no Japão
Empresa ‘recicla’ roupas com defeito para colocá-las à venda

Para conseguir o menor preço, além de pesquisar várias opções de horário e companhias, é vantagem variar o dispositivo pelo qual se acessa a internet (há alteração de preços para quem acessa por celular ou por um computador) e os canais de venda da empresa (ver o preço de venda no site e por telefone). Outro macete técnico pouco conhecido é fazer pesquisas usando a navegação anônima. Isso é possível pois alguns sites conseguem guardar hábitos de consumo de eventuais compras que o consumidor já possa ter feito na companhia. Sim, isso significa que os algoritmos das companhias aéreas podem oferecer preços personalizados e diferentes de uma mesma passagem para dois clientes .

“Pode haver ainda diferença de preços se a busca for feita em um iPhone ou em um celular com o sistema operacional Android”, explica o professor da Fundação Getulio Vargas e especialista em comércio eletrônico João Paulo Rego. Abaixo, um exemplo de simulação:

voos-plataformas-diferentes

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Leo Pensamento Livre

    Boa reportagem, tudo que possa ajudar o consumidor é válido.

    Curtir