Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Queda no fluxo de veículos foi maior em SP, informa ABCR

Por Francisco Carlos de Assis

São Paulo – São Paulo foi o Estado com maior queda na circulação dos veículos em abril por estradas pedagiadas. O recuo na comparação com março, já livre dos efeitos sazonais, foi de 1,1%, de acordo com levantamento da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR). A queda no fluxo dos veículos leves foi de 0,5% e a dos pesados, -2,5%.

Na comparação com abril do ano passado, o fluxo total de veículos pelas estradas pedagiadas paulistas cresceu 1,4%. O movimento dos leves avançou 1,8% e o dos pesados, 0,1%.

No Rio Grande do Sul, a circulação total de veículos caiu 0,7%. O fluxo dos leves cresceu 0,4% e dos pesados caiu 1,2%. No confronto com abril do ano passado, o fluxo total pelas estradas com pedágios gaúchas cresceu 4,5%.

No caso do Rio, a movimentação total de veículos em abril caiu 0,5% na comparação com março, já livre de efeitos sazonais. A circulação dos leves na mesma leitura recuou 0,3% e o dos pesados, 2,8%. Comparativamente a abril do ano passado, o fluxo total no Estado cresceu 2,9%.

As estradas pedagiadas do Paraná registraram um recuou 0,5% em relação a março no fluxo de veículos. Na mesma comparação, a circulação dos leves subiu 0,2% e a dos pesados caiu 1,7%. Em relação ao mesmo mês do ano passado, a movimentação de veículos nas estradas paranaenses com pedágios cresceu 2,5%.