Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Previsão para inflação atinge 9,99% este ano e quase bate teto da meta em 2016, diz BC

Dados foram divulgados no último relatório Focus, nesta segunda-feira. Analistas também preveem retração de 3,10% este ano e de 1,90% no ano que vem

As previsões para a inflação de 2015 bateram na trave dos dois dígitos no Relatório de Mercado Focus divulgado nesta segunda-feira, pelo Banco Central. A mediana avançou de 9,91% para 9,99% – a oitava semana consecutiva de alta da estimativa. Para 2016, a mediana das previsões também disparou: passou de 6,29% para 6,47%, quase no limite do teto do sistema de metas de inflação brasileiro, de 6,50%.

O cenário para a economia continua se deteriorando, em um ambiente atual de forte recessão, turbulências fiscais e políticas e desemprego em alta. Com isso, a perspectiva de retração da economia este ano passou de 3,05% para 3,10% – um mês antes estava em queda de 2,97%. Para 2016, a mediana das previsões saiu de -1,51% para -1,90%. Quatro semanas atrás estava negativa em 1,20%.

Já a expectativa para a a taxa básica de juros permanece em 14,25% no fim deste ano. Para 2016, alcançou 13,25%, contra 13% estimado anteriormente. A alta na previsão ocorre após o Banco Central (BC) indicar que pode elevar a Selic se entender necessário.

Nesta edição do Focus, a projeção do mercado para a taxa de câmbio no fim de 2015 permaneceu em 4 reais por dólar. Para o fim de 2016, a previsão dos analistas para a taxa de câmbio ficou estável em 4,20 reais.

Leia mais:

Governo deixa dívida explodir e condena Brasil à mediocridade

Empreendedor não pode temer ser chamado de louco, diz criadora da Endeavor

(Com agências)