Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia apreende 3 toneladas de comida irregular em Walmart de SP

Agentes encontraram alimentos vencidos e sem informações sobre validade e procedência em unidade da rede na capital; a gerente foi presa em flagrante

A Polícia Civil apreendeu na última terça-feira 3 toneladas de comida em situação irregular, como com prazo de vencimento ultrapassado, em uma unidade do Walmart da cidade de São Paulo. A gerente da unidade também foi presa durante a operação, realizada por volta do meio dia, e liberada após pagamento de fiança.

Segundo o Boletim de Ocorrência registrado pela Polícia Civil, agentes foram ao supermercado da rede localizado na Rua James Holland, na Barra Funda, após receberem a denúncia de haver comércio de alimentos estragados no estabelecimento. Os policiais fizeram uma investigação no local, na presença da gerente, Rosangela Freitas Alípio Silva, e encontraram alimentos vencidos, sem identificação de data de validade e de procedência.

A funcionária foi presa em flagrante por crime contra relações de consumo e foi liberada após o pagamento de fiança de 30 salários mínimos (28.110 reais). O caso foi registrado no Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania.

Procurado por VEJA, o Walmart considerou o episódio é “inaceitável” e “alheio à rotina” da empresa. A instituição afirma que “possui procedimentos internos rigorosos para assegurar a excelência dos serviços e produtos oferecidos aos seus clientes” e que tomou medidas a respeito do ocorrido, “como intensificar inspeções e controles já existentes em todas as unidades”, diz trecho da nota.