Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PIB brasileiro é o lanterna em ranking com 39 países

Segundo consultoria que elaborou o ranking, problemas políticos jogam o Brasil para o último lugar no ranking de desempenho

Apesar do crescimento de 1% registrado no primeiro trimestre de 2017, o Brasil ainda é o último colocado em um ranking que compara o PIB (Produto Interno Bruto) de 39 países. De acordo com a consultoria Austin Rating, que elabora o levantamento, o país fica atrás de Rússia, Ucrânia e Grécia -nações que, até recentemente, enfrentavam graves crises.

O desempenho ruim do Brasil em relação aos demais países também ocorre pela diferença na comparação. Enquanto o resultado divulgado por aqui é comparado com o trimestre imediatamente anterior, o ranking se baseia sempre na comparação ante o mesmo período de um ano antes.

 

Assim, nessa comparação, o PIB brasileiro caiu 0,4% no primeiro trimestre deste ano ante os três primeiros meses de 2016.

De qualquer maneira, o desempenho apático tem ligação com os problemas políticos que o país vem enfrentando, segundo a consultoria. “A diferença entre a recuperação dos países é questão política. Isso deixa muito claro que quando os países tiraram a questão política da frente, eles conseguem se recuperar”, diz Alex Agostini, economista-chefe da Austin Rating.

A Grécia registrou queda de 0,3%, enquanto Rússia e Ucrânia tiveram altas de 0,5% e 2,4%, respectivamente.

Segundo Agostini, problemas políticos, como a delação da JBS, que colocou o presidente Michel Temer (PMDB) no centro das investigações, atrapalham o desempenho econômico do país.

“Agora não podemos colocar a culpa no cenário externo mais. Até o ano passado tínhamos uma dúvida sobre [o presidente dos EUA] Donald Trump, mas vimos que não será tão ruim e superamos esse problema, mas aí vem JBS e novos solavancos na economia”, diz.

 

O líder do ranking é a China, com alta de 6,9%, seguida por Filipinas (+6,4%), Índia (+6,1%) e Malásia (5,6%).

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Fábio Luís Inaimo

    Imagina se a “anta” ainda estivesse lá !?

    Curtir

  2. Ronaldo Serna Quinto

    Somos especialistas em ficar nos últimos lugares de todos os rankings! Acho que temos vocação pro subdesenvolvimento.

    Curtir

  3. Meirelles vai dizer que estamos olhando pelo retrovisor, segundo semestre a economia vai acelerar. Vamos ser otimista que o Brasil tá crescendo. Quando chegar fim de ano, outro blá blá blá… ano que vem (…) ano eleitoral , feriados e copa do mundo, mais um ano perdido. Tamos fu_di_do.

    Curtir

  4. Paulo Bandarra

    O PIB pode ser, mas o desemprego é para ninguém botar defeito.

    Curtir

  5. Alberto de Araujo

    E importante ficar sempre na lembrança que quem cavou o fundo do poço foi o governo petista.Foram treze anos para fazer esse imenso estrago. O governo Temer com a excelente equipe econômica, trabalha para reconstrução da economia em nosso país.Tenhamos em nosso consciente o desejo de: PT nunca mais. Lula nunca mais!”

    Curtir

  6. É o lanterna esse bosta de presidente TEMER quer comemorar o que?esse corrupto tem que deixar o governo só assim o país pode começar a caminhar,comemorar o que ?em um país estraçalhado com 14 milhões de desempregados por causa de um desgoverno do qual era vice e agora continua e nada acontece.

    Curtir

  7. Alberto Araújo o caos foi do PT/PMDB do qual esse corrupto do TEMER foi vice é sempre andou de braços dados com a corrupção petista,são duas facções farinha do mesmo saco.

    Curtir

  8. Geraldo Goulart

    Pois é João, mas esperar o que de um povo que dá 4 mandatos pra uma gente dessa; até que tá bom, poderia ser bem pior.

    Curtir