Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pfizer vende participação em laboratório brasileiro

A multinacional abriu mão de sua participação de 40% no laboratório goiano Teuto

A multinacional Pfizer comunicou nesta terça-feira, em nota, a venda de sua participação de 40% no laboratório brasileiro Teuto à família Melo, que está à frente do negócio desde 1986.

A farmacêutica norte-americana havia entrado no laboratório em 2010, com um desembolso inicial de 400 milhões de reais. Os termos da atual transação de venda são confidenciais, afirmou a Pfizer.

“A Pfizer tomou esta decisão em razão de sua meta de concentrar esforços e recursos em seu atual portfólio de medicamentos, bem como seu pipeline [produtos em desenvolvimento]”, diz a nota. O carro-chefe da goiana Teuto é a produção de genéricos.

Pelo acordo de compra, a norte-americana teria a opção de apresentar oferta pelos 60% restantes do laboratório no início de 2014, e os acionistas do Teuto poderiam vender sua fatia de 60% a partir de 2015. Mas os negócios não andaram.