Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PF prende quadrilha suspeita de fraudar saque de FGTS inativo

Os golpistas criavam falsas páginas de informação sobre o FGTS, onde captavam dados de trabalhadores com direito ao saque

A Policia Federal prendeu hoje 17 pessoas suspeitas de fraudar o saque do pagamento da conta inativa do FGTS no Rio de Janeiro. As prisões acontecem no dia em que começa a última etapa de pagamento das contas inativas do FGTS, para os nascidos em dezembro.

Os golpistas criavam falsas páginas de informação sobre o FGTS, onde captavam dados de trabalhadores com direito ao recebimento. De posse dos dados necessários para o saque, como número do PIS e senha, os suspeitos iam até a agência para sacar o dinheiro.

“Não era uma quadrilha só. Eram vários grupos separados que usavam a estratégia de phishing, usando alertas falsos de internet para capturar dados. Uma parte dela veio de São Paulo e eles fizeram um site falso da Caixa Econômica Federal. Você clicava em alertas como ‘consulte aqui o seu saldo do FGTS’ e isso levava para um site falso da Caixa, onde digitava os dados”, explicou o delegado federal Erick Blatt, chefe do Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos.

Com os presos, foram apreendidos 160 mil reais. No penúltimo lote de trabalhadores beneficiados com o FGTS inativo, as fraudes levaram a prejuízo de 4 milhões de reais, em todo o país.

“A gente prevê que neste último lote o prejuízo seria de  700 mil reais a 1 milhão de reais, só no Rio de Janeiro. Em torno de 8 milhões de reais no país todo”, disse o delegado.

Depois de ouvidos na sede regional da PF, na Praça Mauá, os presos foram levados para fazer exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) e depois seguirão para o sistema prisional. De acordo com o delegado, os trabalhadores que foram vítimas dos criminosos poderão reaver as quantias junto à Caixa.

Pagamento

A Caixa Econômica Federal abriu cerca de 2.000 agências neste sábado para pagamento das contas inativas do FGTS dos trabalhadores nascidos em dezembro. Cerca de 2,5 milhões de trabalhadores nascidos em dezembro têm direito ao saque, que totaliza mais de 3,5 bilhões de reais.

O prazo de saque das contas inativas do FGTS se encerra no dia 31 de julho. O saldo da conta inativa será devolvido para o FGTS após esta data e só poderá ser sacado nos casos previstos em lei, como aposentadoria e compra da casa.

No sábado, as agências vão funcionar das 9h às 15h exclusivamente para pagamento e prestação de informação sobre as contas inativas do FGTS (veja quais estarão funcionando). Na segunda-feira, todas as agências abrem duas horas antes para atender esse público.

Canais de pagamento e documentação

Valores até 1.500 reais podem ser sacados no autoatendimento, somente com a senha do cartão Cidadão. Para valores até 3.000 reais, o saque pode ser realizado com o Cartão do Cidadão e senha no autoatendimento, lotéricas e correspondentes.

Acima de 3.000 reais, os saques devem ser feitos nas agências Caixa. O banco diz que para facilitar o atendimento os trabalhadores devem levar documento de identificação e carteira de trabalho, ou outro documento que comprove a rescisão do contrato. Para valores acima 10 mil reais é obrigatória a apresentação de tais documentos.

(Com Agência Brasil)