Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petróleo tipo Brent atinge menor preço de 2012

LONDRES, 18 Mai (Reuters) – Os preços do petróleo caíram abaixo de 107 dólares nesta sexta-feira na bolsa de Londres e atingiu o menor valor em 2012, com os investidores fugindo de ativos arriscados e relacionados a crescimento econômico, devido a temores de que a Grécia pode deixar a zona do euro e depois que a agência Moody’s rebaixou a avaliação de 16 bancos espanhóis.

O barril do tipo Brent caia 31 centavos de dólar para 107,38 dólares o barril por volta das 12:13(horário de Brasília) depois de bater no nível mais baixo do ano a 106,4 dólares. Nos Estados Unidos o petróleo na bolsa de Nova York caía 33 centavos de dólar, a 92,23 dólares o barril.

“O principal fator continua sendo os acontecimentos na Europa, com o rebaixamento dos bancos espanhóis e um sentimento muito negativo sobre os investimentos de risco,” disse Eugen Weinberg, um analista do Commerzbank de Frankfurt. “Não será surpreendente se observarmos quedas ainda maiores no Brent hoje.”

O euro caiu para os níveis mais baixos dos últimos quatro meses, com o dólar mais valorizado, colocando commodities precificadas em dólares sob mais pressão.

Weinberg disse também que embora o rebaixamento dos bancos espanhóis e o fracasso do consenso nas eleições da Grécia já tivessem sido antecipados, o potencial de derrubar preços ainda não foi totalmente precificado.

Michael Poulsen, um analista de petróleo da Global Risk Management estimou o custo da saída da Grécia da zona do euro em cerca de 5 por cento do PIB deste grupo de países, ou aproximadamente 1 trilhão de dólares.

“É o fator medo que está movendo o Brent,” concordou Guy Wolf, macro-estrategista na Marex Spectron em Londres. “Finalmente a Europa alcançou o momento decisivo sobre a questão de a Grécia estar dentro ou fora.”

Analistas do Bank of America Merrill Lynch disseram que o efeito contágio, em que outros países também poderiam ter que deixar a zona do euro, poderiam disparar uma contração de 10 por cento no PIB e queda de 2 milhões de barris por dia da demanda dos países europeus da OCDE.

Eles preveem preços do Brent caindo para 60 dólares no caso de um rompimento mais amplo na zona do euro, mas se o impacto for contido o Brent é projetado para uma queda ao patamar de 80 dólares por barril.

(Reportagem de Claire Milhench)