Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petróleo sobe por receio com exportações do Irã

Por AE

Londres – O preço do contrato do petróleo tipo Brent para abril, negociado na plataforma ICE, fechou hoje em alta de US$ 0,47, ou 0,39%, a US$ 120,05 por barril, depois de o Irã novamente afirmar que pode interromper o suprimento de petróleo para a União Europeia e em meio ao otimismo dos investidores com a possibilidade de os ministros de Finanças da zona do euro, que estão reunidos em Bruxelas, progredirem nas negociações sobre a liberação de mais empréstimos à Grécia.

O volume de negócios, no entanto, foi baixo, por causa do feriado do Dia do Presidente nos EUA. Hoje as bolsas norte-americanas não abriram e os contratos do petróleo negociados na New York Mercantile Exchange (Nymex) operaram apenas no pregão eletrônico, de forma que só haverá um preço de fechamento na terça-feira, quando o mercado retomar o funcionamento normal.

A cotação mais recente do contrato do petróleo para março negociado na Nymex registrava alta de 1,63% em relação ao fechamento de sexta-feira, para US$ 104,92 por barril.

Mais cedo, o petróleo tocou preços que não eram registrados desde meados do ano passado após o Irã afirmar que deixou de exportar a commodity para a França e para o Reino Unido e avisar as empresas europeias que pode suspender o fornecimento, a menos que sejam assinados contratos de longo prazo.

Diante da notícia, o petróleo tipo Brent chegou a tocar US$ 121,15 por barril na plataforma ICE, enquanto na Nymex os preços atingiram um pico de US$ 105,44.

As medidas adotadas pelo Irã são uma resposta ao fato de a União Europeia ter anunciado em janeiro um embargo ao petróleo iraniano para pressionar o país a abandonar seu programa nuclear. A medida deve entrar em vigor integralmente a partir de julho deste ano, pois algumas nações europeias ainda precisam garantir fornecedores alternativos. Os iranianos, no entanto, ameaçam suspender as exportações antes desse prazo. As informações são da Dow Jones.