Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petróleo sobe 0,28%, após 6 sessões em queda em NY

Por Renan Carreira

Nova York – Os contratos futuros de petróleo fecharam em alta nesta quinta-feira, após seis sessões consecutivas de queda que levaram a uma baixa de 8,8% nos preços e ao menor nível de cotações em três meses.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), os contratos de petróleo bruto para junho fecharam a US$ 97,08 por barril, em alta de US$ 0,27 (0,28%). Em direção oposta, na Intercontinental Exchange (ICE), os contratos do petróleo Brent para junho fecharam a US$ 112,73 por barril, em baixa de US$ 0,47 (0,42%).

Os preços da commodity não ultrapassam US$ 100 faz uma semana, desde que Abdulla Salem El-Badri, secretário-geral da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), ter afirmado que os preços do produto estavam muito altos, o que ameaçava um comprometimento da demanda.

A Opep informou nesta quinta-feira, em seu relatório mensal, que a produção de petróleo bruto foi de 32,42 milhões de barris ao dia em março, 317 mil barris por dia acima do que foi produzido no mês anterior. De acordo com o cartel, a produção supera a demanda mundial e está no maior nível desde o verão de 2008, quando a organização cortou a produção para reavivar os preços em declínio em meio à recessão global.

Após rebaixar suas previsões para o consumo de petróleo nos últimos meses, a Opep está mais otimista em relação à retomada da demanda. O cartel elevou sua estimativa de aumento para o crescimento da demanda global neste ano em 40 mil barris ao dia, para cerca de 900 mil barris diários. A previsão para a demanda total de petróleo mundial neste ano é de 88,67 milhões de barris por dia. As informações são da Dow Jones.