Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petróleo opera em baixa com receio de crise na Europa

Por Danielle Chaves

Londres – Os contratos futuros de petróleo operam em baixa nesta terça-feira, prolongando o movimento de segunda-feira, depois de o otimismo dos investidores com relação ao plano de resgate para os bancos da Espanha acabar. Além das preocupações sobre como os problemas nas economias da Espanha e da Grécia afetarão o restante da zona do euro, a relação entre oferta e demanda no mercado físico está fraca.

O preço do petróleo bruto leve produzido na Bacia Atlântica está baixo no mercado físico e o mesmo está acontecendo com o petróleo bruto extraído do Mar Mediterrâneo, o que começa a pressionar o petróleo Brent, segundo Olivier Jakob, diretor-gerente da consultoria suíça Petromatrix.

Além da crise da zona do euro, os investidores estão de olho na reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) em Viena, na quinta-feira, em busca de mudanças na oferta da commodity. O ministro do Petróleo da Arábia Saudita, Ali al-Naimi, sugeriu que favorece um limite mais alto para a produção de petróleo dos países da Opep, mas disse que não pedirá ao grupo uma elevação das cotas na reunião.

Analistas não esperam que a Opep faça uma grande mudança nas cotas, pois já está produzindo a níveis não vistos desde 2008.

Às 8h25 (de Brasília), o WTI para julho caía 0,24% na Nymex, para US$ 82,50 por barril, e o Brent para julho recuava 0,46% na ICE, para US$ 97,55 por barril. As informações são da Dow Jones.