Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

País precisa simplificar a estrutura tributária, diz Levy

Para o ministro da Fazenda, mudanças na cobrança de impostos são necessárias para que as empresas sejam mais competitivas

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse neste sábado que para enfrentar a nova realidade em que os preços das commodities não sobem como em anos passados e a economia chinesa cresce a um ritmo mais lento, o país precisa de uma reforma para simplificar a estrutura tributária, de forma a dar mais eficiência às empresas.

Na tarde deste sábado, em evento em Campos do Jordão, no interior paulista, Levy disse que está na agenda do governo simplificar a cobrança de impostos de forma a diminuir o custo das empresas. Ele citou a reforma sobre a cobrança do PIS/Cofins como uma das medidas que estão em estudo. “Com a transparência do PIS/Cofins, as empresas realocam capital e isso aumenta o PIB potencial”, disse o ministro. “Se o país reformar o PIS/Cofins, quebram-se esses parâmetros que trazem ineficiência.”

Leia mais:

Leia mais: Dilma convoca reunião sobre Orçamento de 2016 e CPMF

Levy disse ainda que o Brasil precisa melhorar a sua infraestrutura e que é sabido que, para que isso se torne possível, haverá uma maior dependência do capital privado.

“Sem essas coisas, não vamos conseguir superar a crise. Precisamos ser mais produtivos e precisamos seguir o caminho dessa agenda. Com esse trabalho, vamos conseguir arejar o mercado e trazer novos ‘players’, mudar o jeito como as contratações são feitas, de forma que não tenha barreiras de entrada”, completou.

(Com Estadão Conteúdo)