Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ouro fecha em leve alta com otimismo na Europa

Por Álvaro Campos

Nova York – Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em leve alta nesta quinta-feira, com o clima mais otimista na Europa fazendo os investidores voltarem a comprar o metal, após três sessões consecutivas de queda.

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para junho, subiu US$ 1,30 (0,1%), fechando a US$ 1.595,50 a onça-troy. Na quarta-feira, o ouro havia fechado no menor nível desde 31 de dezembro do ano passado, a US$ 1.594,20 a onça-troy.

O humor dos investidores melhorou com o aumento da possibilidade da formação de um governo de coalizão na Grécia e com as medidas do governo da Espanha para tentar ajudar o problemático setor bancário. Além disso, a Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF, na sigla em inglês) liberou uma ajuda de 4,2 bilhões de euros para a Grécia.

Alguns compradores cautelosos voltaram ao mercado, na crença de que as recentes perdas do ouro levaram os preços para um nível muito baixo. Políticas monetárias acomodatícias implementadas por algumas das maiores economias do mundo, que prejudicam as moedas locais, ainda servem como suporte para o metal, que é usado como uma forma de hedge.

Paralelamente, o Barclays se tornou o quarto grande banco a cortar sua projeção para o preço médio do ouro em 2012 desde março. Os analistas do banco esperam que o metal oscile em torno de US$ 1.716,00 a onça-troy este ano, uma redução de 8% ante a previsão anterior. As informações são da Dow Jones.