Oito absurdos vividos por recrutadores em entrevistas de emprego

Profissionais de seleção de candidatos a vagas de trabalho relatam alguns dos casos mais pitorescos que já enfrentaram

Chegar atrasado, falar que tem mais qualificações do que a realidade e tentar demonstrar um domínio de idioma que não se tem são deslizes comuns de serem vistos por quem faz entrevistas de emprego. Mas há casos em que os candidatos têm bem mais criatividade que dizer que um parente morreu, e cometem gafes memoráveis. Veja, a seguir alguns exemplos:

Fontes: Caio Arnaes (Robert Half) e Lucas Oggiam (Page Personnel)