Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

OGX: acordo com credores reduz a 5% participação de Eike

Operação com credores internacionais prevê conversão de dívida em ações

A dívida da Óleo e Gás Participações, antiga OGX Petróleo e Participações, será convertida em ações, após a conclusão de um acordo com os credores internacionais da empresa, que levou meses para ser costurado. Com isso, a participação de Eike Batista na companhia deverá se reduzir dos atuais 50% para cerca de 5%.

Fato Relevante divulgado nesta terça-feira afirma que “sendo a operação implementada, conforme prevista, o Grupo OGX sairá da recuperação judicial sem dívidas financeiras e com capacidade revigorada de conduzir suas atividades”. O acordo prevê a provisão de cerca de 200 milhões de dólares em capital por parte dos credores.

Em outubro, a petroleira de Eike Batista anunciou o calote no pagamento de juros a detentores de bônus com vencimentos em 2018 e 2022. A empresa, a principal do grupo X, tentou negociar com credores internacionais o rolamento de dívida de 45 milhões de reais, apenas referente a juros vencidos, mas foi malsucedida na tentativa de acordo. Este foi o maior default de dívida de uma empresa da América Latina. Logo após o anúncio do recuso de pagamento, a companhia entrou com pedido de recuperação judicial na Justiça carioca.

Com dívida de 11,2 bilhões de reais, a empresa considerada o ativo mais precioso de Eike Batista teve seu nome alterado em 9 de dezembro, após assembleia de acionistas aprovar a mudança da razão social da petroleira, que perdeu o “X” característico de todas as empresas do grupo comandado por Eike.

(Com Estadão Conteúdo)