Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Número de voos para o Brasil cresce 30,7% em quatro anos

País recebeu 64.904 voos internacionais no ano passado, ante 49.557 em 2010, segundo dados da Embratur

O Brasil recebeu 64.904 voos internacionais no ano passado, um crescimento de 30,7% em comparação com os 49.557 de 2010, informou nesta terça-feira a empresa pública de promoção de turismo Embratur. O país com maior oferta de voos foi os Estados Unidos, com 14.573 opções de voos para visitar as cidades brasileiras. O segundo na lista de países com o maior número de voos para o Brasil foi a Argentina, com 13.817.

O número de voos procedentes de outros países da América Latina saltou 28,10% nos últimos quatro anos, de 26.624 em 2010 para 34.107 em 2014. Com isso, a região representa praticamente a metade da oferta de voos internacionais com destino ao Brasil. Enquanto a oferta de voos procedente da Colômbia, Chile, Panamá e Barbados praticamente duplicou no período, países como Cuba, Equador e República Dominicana, que não tinham conexão direta com o Brasil, passaram a oferecê-la.

Leia mais:

Empresas aéreas cancelam voos entre Brasil e Nova York

Demanda por voos no Brasil cresce 6,77% em novembro

Já a oferta desde a Ásia e Oceania cresceu 87,32% em quatro anos, em grande parte pelos voos diários que a companhia aérea Emirates começou a oferecer em 2012 entre Dubai e Rio de Janeiro.

Grandes eventos – A Embratur admitiu que o número de voos cresceu especialmente no ano passado devido ao fato de o Brasil ter sediado a Copa do Mundo. O instituto calcula ainda que essa tendência permanecerá até 2016, quando o Rio de Janeiro os Jogos Olímpicos. Para o ano que vem, é esperada uma grande demanda de voos dos Estados Unidos, país que teve a segunda maior delegação nos Jogos Olímpicos de 2012, o que pode se repetir em 2016.

(Com agência EFE)