Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nota do Santander Brasil segue em revisão para possível rebaixamento

Moody's diz em nota que continua a analisar os ratings do banco; nesta quinta, ela rebaixou a nota do controlador espanhol e de outros 15 bancos do país

A agência de classificação de risco Moody’s anunciou em nota nesta sexta-feira que continua a analisar os ratings do banco Santander Brasil para um possível rebaixamento. A revisão das notas foi iniciada em 24 de fevereiro.

A nota do Santander – controlador espanhol da instituição financeira brasileira – foi cortada nesta quinta-feira de Aa3 para A3, com perspectiva negativa. Ao todo, Moody’s já revisou para baixo a classificação de 112 bancos europeus apenas em maio – isso além da nota soberana da Espanha, que foi rebaixada em dois degraus.

“A atual revisão dos ratings do Santander Brasil considerará uma avaliação global da Moody’s da correlação entre o perfil de crédito autônomo do banco e do soberano onde o banco é domiciliado”, mostra a nota assinada pelas analistas Ceres Lisboa e Maria Celina Vansetti-Hutchins.

O banco brasileiro tinha ativos de 415,6 bilhões de reais e patrimônio líquido de 36,3 bilhões de reais em 31 de março. “A revisão também incluirá as ligações entre os ratings do controlador e da subsidiária brasileira, as quais podem afetar os ratings de depósito em moeda local do Santander Brasil”, ressalta o texto.

As units do Santander (SANB11) acumulam uma valorização de 6% no ano.