Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nintendo cancela venda de games no Brasil e culpa impostos

Decisão representa o fim das operações de venda de jogos da companhia no país, que estava sob o comando da Gaming do Brasil

A Nintendo cancelou nesta sexta-feira a distribuição oficial de jogos e consoles no Brasil devido às elevadas tarifas de importação no setor de videogames e pela falta de uma unidade para fabricar os produtos no país. “Os desafios no ambiente local de negócios fizeram insustentável nosso modelo de distribuição atual no país”, disse em comunicado o diretor e gerente geral para a América Latina da Nintendo, Bill van Zyll. Contudo, o executivo garantiu que a companhia “vigiará a evolução do ambiente de negócios e avaliará a melhor maneira de servir” os “fanáticos brasileiros no futuro”.

Leia também:

Os sacrifícios econômicos que aguardam o Brasil em 2015

Brasileiros terão de poupar mais em 2015; conheça sete alternativas para conter gastos

A decisão representa o fim das operações da Gaming do Brasil, distribuidora da Nintendo no país nos últimos quatro anos. Apesar disso, a Jogos de Vídeo América Latina (GmbH) continuará sendo a representante da companhia na região. Por enquanto “não há planejada nenhuma outra mudança para outros mercados da região”, afirmou o diretor-executivo da GmbH, Bernard Josephs. A Nintendo deixará de vender seus jogos e consoles no Brasil ainda em janeiro.

(Com agência EFE)