Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Negociação para fusão entre EADS e BAE sofre impasse

Segundo a Spiegel Online publicou que a Inglaterra quer evitar a todo o custo que qualquer país tenha mais de 10% da companhia combinada

Exigências da França levaram uma planejada fusão entre a companhia britânica de defesa e segurança BAE Systems e a EADS (European Aeronautic, Defence & Space), controladora da Airbus, à beira do colapso, publicou nesta sexta-feira a Spielgel Online, da Alemanha.

Citando fontes governamentais, o site da revista publicou que a Inglaterra quer evitar a todo o custo que qualquer país tenha mais de 10% da companhia combinada, uma exigência à qual a França tem se oposto com seus planos de deter mais que isso e de ter opção para comprar mais ações no futuro.

O governo alemão não quis comentar o assunto. Já a EADS negou a notícia, afirmando que não considera que a fusão será cancelada. A BAE preferiu não se pronunciar.

Leia mais:

Fusão de EADS e BAE pode criar empresa de US$ 49 bi

(Com Reuters)