Meirelles recua e mantém previsão de crescimento do PIB em 0,5%

Segundo ele, a confiança de que a atual política econômica deverá ser mantida dá muita segurança aos agentes econômicos

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, voltou atrás em sua previsão e estimativa de crescimento da economia em 2017, Ele disse hoje que mantém a previsão para o crescimento da economia este ano em 0,5%.

No último dia 28, Meirelles afirmou que o Produto Interno Bruto (PIB) do país deverá crescer em 2017 menos que o 0,5% previsto pelo governo. Ele classificou a alteração da previsão como “moderada” e disse que o governo iria divulgar oficialmente, nos próximos dias, a nova estimativa.

O ministro reduziu a previsão de crescimento do PIB no último trimestre do ano, comparado a igual período de 2016, para 2%. – a previsão inicial era de 2,7%. Questionado se houve redução nessa estimativa, o ministro disse que ainda está “dentro de uma faixa entre 2% e 2,7%”.

Meirelles destacou ainda a queda da inflação e dos juros. “Em resumo, [o país está em] uma trajetória positiva, virtuosa: inflação caindo, juros caindo e a economia crescendo. Está bom, não é?”.

A uma pergunta se a economia está descolada da crise política, o ministro respondeu que a economia brasileira sempre reagiu à política econômica. Para ele, na medida em que existe uma confiança de que a atual política econômica deverá ser mantida, isso dá muita segurança aos agentes econômicos. “Não se espera uma reversão de política econômica”, afirmou.

Meirelels está Hamburgo, na Alemanha, onde vai participar da reunião do G20.

(Com Agência Brasil)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Kkkkkkk….era so tirar a dilma que o Brasil ia melhorar. Melhorou pros bandidos como temer é Aécio.

    Curtir