Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Moody’s reduz nota da Repsol pela expropriação da YPF

A agência de classificação financeira Moody’s reduziu nesta terça-feira em um grau a nota da petroleira espanhola Repsol, a Baa3, alegando “o impacto negativo da expropriação pela Argentina” de 51% de sua participação na YPF.

“A peda de sua parte no controle da YPF reduz o tamanho e a diversificação das atividades da Repsol e priva o grupo de ativos importantes e do fluxo de dividendos provenientes da YPF”, considerou a agência em um comunicado.

A nota da Repsol cai assim a um último grau antes da categoria de investimento especulativo. No entanto, a agência mantém a perspectiva estável, o que significa que não deverá haver uma nova redução em médio prazo.

Em 8 de junho, a agência Fitch foi a primeira a rebaixar em um grau a nota da Repsol a BBB- após a expropriação da YPF pela presidente argentina, Cristina Kirchner, em abril passado.