Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Minoritários da Schincariol vão recorrer de decisão do TJ

Tribunal derrubou liminar, movida pelos minoritários, que impedia venda do bloco de controle da cervejaria à japonesa Kirin

Os advogados da Jadangil, que reúne os acionistas minoritários da Schincariol, divulgaram comunicado no qual afirmam que já trabalham em um recurso contra a decisão da Câmara Reservada de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça de São Paulo que revogou, hoje, por unanimidade, a liminar que suspendia a venda de 50,45% da cervejaria para a japonesa Kirin. “Diante do surpreendente julgamento, a defesa dos minoritários informa que já elabora recurso contra a decisão”.

“A Câmara Reservada de Direito Empresarial admitiu que a venda das ações da Schincariol violou o direito de preferência dos acionistas minoritários mas, ao mesmo tempo, decidiu que, como a compradora já fez o depósito relativo à compra, por ‘razoabilidade’, o negócio irregular deve ser tocado em frente ‘para não prejudicar a empresa’, acrescentam os advogados.

A liminar que foi derrubada havia sido pedida pela Jadangil e concedida pela juíza Juliana Morais Bicudo, da 1ª Vara Civil de Itu (SP). O controle da Schincariol foi vendido à Kirin pelos irmãos Adriano e Alexandre Schincariol, reunidos na empresa Aleadri.