Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Metais básicos sobem com China e euro mais firme

Por Ricardo Gozzi

Londres – Os contratos futuros de metais básicos fecharam em alta hoje na London Metal Exchange (LME), beneficiando-se de uma nova medida de alívio monetário na China, do otimismo com relação ao resgate financeiro para a Grécia e de indicadores econômicos positivos na Alemanha. Na rodada livre de negócios (kerb) da tarde, o cobre para três meses encerrou a sessão em alta de US$ 65,50 (0,80%), a US$ 8.235,50 por tonelada.

Apesar de a segunda-feira ter sido um dia de pouca liquidez nos mercados por conta do feriado nos Estados Unidos, com as altas sendo amplamente observadas como oportunidades de venda, o cobre encontrou suporte em torno de US$ 8.200,00 e continuou em território positivo durante toda a sessão.

De acordo com a corretora Sucden Financial, o corte de 50 pontos-base na taxa de depósito compulsório anunciado no sábado pelo Banco do Povo da China (PBOC, em inglês) foi o principal motivo da alta de hoje. “Também havia muito otimismo quanto à proximidade da aprovação final do segundo pacote de resgate para a Grécia”, observou a corretora por meio de nota.

O euro mais firme também ajudou a dar sustentação aos metais básicos, que são denominados em dólares. Além do otimismo em relação à Grécia, a moeda comum europeia foi beneficiada pelo boletim mensal do Bundesbank, o banco central alemão, segundo o qual as perspectivas para a economia da Alemanha melhoraram “perceptivelmente”.

Além do cobre, todos os demais metais básicos negociados na LME fecharam em alta hoje. O chumbo para três meses subiu US$ 6,00 (0,29%), encerrando o kerb da tarde em US$ 2.051,00 por tonelada; o zinco avançou US$ 38,00 (1,95%), terminando o dia em US$ 1.982,00 por tonelada; o alumínio ganhou US$ 14,00 (0,65%), concluindo os negócios a US$ 2.178,00 por tonelada; o níquel fechou em alta de US$ 150,00 (0,76%), a US$ 19.750,00 por tonelada; e o estanho subiu US$ 45,00 (0,19%), encerrando em US$ 23.500 por tonelada. As informações são da Dow Jones.