Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Meta de expansão chinesa será de 7,5%, diz ex-ministro

Por Filipe Domingues

Pequim – A China estabeleceu a meta para o crescimento econômico de 7,5% em 2012, menos do que a taxa simbólica de 8% que manteve nos últimos oito anos, afirmou hoje o jornal Wen Wei Po, de Hong Kong, mencionando o ex-ministro de indústria e tecnologia da informação Li Yizhong. Segundo Li, a China precisa reestruturar sua economia e mudar a forma como cresce. O ex-ministro fez as afirmações nos bastidores dos encontros anuais da Conferência Política Consultiva do Povo Chinês, um importante órgão de consultoria política.

“A China precisa ajustar apropriadamente para baixo sua meta de crescimento econômico e reduzir a velocidade excessiva”, afirmou Li, que agora é o vice-diretor do comitê econômico da conferência. Ele fez os comentários antes da cerimônia de abertura dos encontros anuais do Congresso Nacional do Povo.

A expectativa é de que o primeiro-ministro Wen Jiabao anuncie uma meta de crescimento econômico mais baixa para este ano quando fizer o pronunciamento de abertura no congresso.

Uma meta de crescimento mais baixa indicaria que Pequim espera direcionar as autoridades de todos os níveis do governo para que se concentrem na reestruturação econômica e em questões de qualidade de vida, como o meio ambiente e a desigualdade de renda, em vez de observarem apenas o crescimento, que é considerado exagerado por muitas autoridades. No ano passado, o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 9,2%. As informações são da Dow Jones.