Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mercado prevê inflação e juros maiores em 2015

Boletim Focus divulgado semanalmente pelo Banco Central também aumentou expectativa de queda do PIB deste ano para 1,18%

Os economistas do mercado financeiro voltaram a projetar uma desaceleração na economia do país e um aperto monetário maior para 2015. Segundo o boletim semanal Focus, divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira, houve aumento nas estimativas da inflação e dos juros e queda no Produto Interno Bruto Brasileiro (PIB) neste ano.

Segundo o boletim, a estimativa é de que a inflação aumente de 8,25% para 8,26%, em 2015. Apesar do aumento de apenas 0,1 ponto percentual, a previsão está muito acima do teto da meta, de 6,5%, e ainda mais longe do centro da meta, de 4,5%.

Após quatro semanas sem alterações, os analistas estimam o aumento na taxa Selic, de 13,25% para 13,50%. Na última semana, o Comitê de Política Monetária (Copom) aumentou a taxa básica de juros de 12,75% para 13,25%. A elevação da taxa é usada pelo governo como instrumento para segurar a inflação.

Os economistas também esperam uma queda maior no PIB, de 1,18% deste ano – na semana passada, a estimativa era de 1,10% negativo. Para 2016, a previsão é de um avanço de 1%.

Leia mais:

Mercado aumenta previsão da inflação para 8,23%

Inflação sobe 1,32% em março e em 12 meses acumula alta de 8,13%

FMI prevê retração de 1% da economia brasileira em 2015

(Da Redação)