Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lucro líquido da Fiat cai 55% no segundo trimestre

Receita da montadora italiana subiu 4,7%, para 31,2 bilhões de euros, na comparação com o mesmo período do ano anterior

A Fiat, controladora do Chrysler Group, registrou lucro líquido de 263,47 milhões de dólares no segundo trimestre de 2014, uma queda de 55% ante os 581,78 milhões de dólares registrados no mesmo período em 2013. A receita, por outro lado, subiu 4,7%, para 31,2 bilhões de dólares. Fracos resultados na Europa e na América Latina ofuscaram melhoras na América do Norte e na Ásia. As vendas da montadora italiana cresceram 7% na América do Norte e 34% na região Ásia-Pacífico, mas recuaram 23% na América Latina e 3% na área que engloba Europa, Oriente Médio e África.

A dívida líquida ficou em 12,97 bilhões de dólares no segundo trimestre, abaixo dos 13,37 bilhões de dólares do primeiro trimestre. O Ebitda (lucro antes de juros e impostos) também ficou em 1,2 bilhão de dólares entre abril e junho, abaixo dos 1,43 bilhão de dólares registrados no mesmo período do ano anterior.

A Fiat também confirmou as projeções para este ano de seu plano de negócios de cinco anos, publicado em maio. O grupo prevê vendas de 4,7 milhões de unidades em 2014, com receita de cerca de 124,4 bilhões de dólares e lucro líquido entre 802,46 milhões e 1 bilhão de dólares.

Leia também:

Lucro líquido da Honda sobe 20% no 2º trimestre

Lucro da GM cai 80% por custos de recall e indenização de vítimas

Lucro da Ford sobe para US$ 1,31 bilhão no 2º trimestre

Chrysler – A Fiat não detalhou os resultados da Chrysler, que deverá divulgar seus números em 11 de agosto. Acionistas da montadora votarão sobre a finalização da fusão entre a Fiat e a Chrysler na sexta-feira. Como a família italiana Agnelli possui um terço do controle da companhia, a fusão provavelmente será aprovada.

(Com agência Reuters e Estadão Conteúdo)