Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lucro da Caixa sobe 82% em um ano, a R$ 1,5 bilhão

Na comparação com os três meses anteriores, quando o resultado foi de 691 milhões de reais, houve incremento de 115,3%.

A Caixa registrou lucro líquido de 1,5 bilhão de reais no primeiro trimestre deste ano, cifra 81,8% maior que a registrada em igual intervalo do ano passado, de 818 milhões de reais. Na comparação com os três meses anteriores, quando o resultado foi de 691 milhões de reais, houve incremento de 115,3%.

O lucro recorrente, que desconsidera efeitos extraordinários, totalizou 1,7 bilhão de reais , 49,6% maior que o verificado no primeiro trimestre de 2016. Já o resultado operacional alcançou 1,9 bilhão de reais  no trimestre, avanço de 420,0% em 12 meses.

A Caixa informa, em nota à imprensa, que o aumento do seu lucro no primeiro trimestre foi gerado pelo crescimento das receitas com operações de crédito, diminuição nas despesas com captação de recursos, avanço nas receitas com prestação de serviços e controle das despesas com pessoal, administrativas e operacionais.

A carteira de crédito da Caixa encerrou março em 715,0 bilhões de reais, avanço de 4,5% em 12 meses. Com isso, sua participação de mercado foi a 22,8%. Conforme o banco, o crescimento das operações de habitação, saneamento e infraestrutura, e crédito consignado, foram os principais responsáveis pela evolução da carteira no período.

As operações comerciais com pessoas físicas e pessoas jurídicas somaram 189,6 bilhões de reais, redução de 4,1% em 12 meses, impactadas, principalmente, pela pessoa jurídica, que cujos empréstimos encolheram em 7,8%.

O índice de inadimplência, considerando atrasos acima de 90 dias, foi a 2,83% ao final de março. O indicador representa queda de 0,7 ponto porcentual em um ano e 0,5 p.p. menor na comparação com o quarto trimestre de 2016. Além disso, segundo a Caixa, seguiu abaixo da média de mercado, de 3,84%. “O comportamento da inadimplência demonstra que as ações de aperfeiçoamento da gestão de risco, da cobrança e dos demais elementos do ciclo do crédito continuam a produzir as melhorias esperadas”, destaca a Caixa, em relatório que acompanha suas demonstrações financeiras.

A Caixa somou 1,281 trilhão de reais  em ativos totais no primeiro trimestre, aumento de 3,2% em um ano e de 2,1% na comparação com os três meses anteriores. O patrimônio líquido foi a 64,537 bilhões de reais, expansões de 3,2% e 1,4%, respectivamente. O retorno sobre o patrimônio líquido (ROE, na sigla em inglês) foi a 7,56% em março contra 6,55% em dezembro e 10,20% em um ano.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Que bom. Quem sabe vão quitar o débito com a previdência.

    Curtir

  2. Benedito Almeida

    A Caixa Econômica Federal é uma empresa do governo. Ela é utilizada como ferramenta de gerenciamento econômico do país.
    O objetivo principal da Caixa nunca é o lucro, mas a defesa e a proteção dos interesses públicos. Além do financiamento ao investimento, a Caixa Econômica Federal atua em áreas diversas, como a habitação popular, a Previdência Social e a integração social. Tem um papel muito importante no financiamento de obras públicas, sendo um grande aliado de governos estaduais e locais para realização de obras como saneamento básico.

    Curtir