Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

IFR-Atividades do JP Morgan ainda distorcem mercados de crédito

LONDRES, 22 Jun (Reuters) – As operações da vice-presidência de investimento do JP Morgan continuaram a causar grandes distorções no mercado de swap de créditos, segundo operadores disseram ao IFR, um serviço da Thomson Reuters.

A imprensa noticiou na semana passada que até 70 por cento das operações dessa divisão eram irregulares. Pessoas do mercado também apontaram para um pico de 31 bilhões de dólares em movimentação na última terça-feira em um dos segmentos em que a vice-presidência de investimentos tem posições -como forte evidência de que a posição havia sido reduzida.

Apesar de os profissionais do mercado divergirem sobre em quanto o JP Morgan conseguiu reduzir as perdas, todos concordam que a atividade da vice-presidência de investimentos continua a alimentar grandes distorções em uma série de índices nos últimos dois meses.

A vice-presidência de investimento causou uma perda de 2 bilhões de dólares ao banco aós operações de hedge malsucedidas.

Corretores apontam para uma variedade de indicadores que coincide com as posições de hedge da vice-presidência de investimentos.

As ativdades do JP Morgan também criaram grandes distorções nos índices de referência corporativos da Europa.

Todos esses fatores tornam mais caro para o JP Morgan administrar a perda em operações. Quanto mais a vice-presidência recorre a um índice como forma de hedge, mais os spreads aumentam e mais cara essa proteção fica.

Para ver o noticiário completo do IFR, acesse http://www.ifrmarkets.com.

(Por Christopher Whittall)

REUTERS DFG FC