Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ibovespa sobe 1,06% com expectativa por Europa

Por Roberta Vilas Boas

SÃO PAULO (Reuters) – A Bovespa encerrou o pregão desta terça-feira em alta, após seu principal índice passar o dia alternando ganhos e perdas.

O Ibovespa subiu 1,06 por cento, a 53.838 pontos. O volume financeiro do pregão foi de 6,3 bilhões de reais.

Para o analista Luiz Gustavo Pereira, da UM Investimentos, os investidores seguiram atentos às notícias da Europa, além de aguardar a ata do Federal Reserve, nos EUA, na quarta-feira, dia em que a bolsa brasileira fecha devido a feriado.

“O mercado está bem indefinido, na expectativa com divulgações que ocorrem na quarta”, disse. “Tem o discurso do Barroso (José Manuel Barroso, presidente da Comissão Europeia) e os investidores estão na espera por novos anúncios”, completou.

Espera-se que o órgão executivo da União Europeia proponha um plano de recapitalização dos bancos para ajudar a lidar com a crise da dívida na zona do euro.

Pereira lembrou também que será divulgada a ata da última reunião do Federal Reserve, em setembro. Na ocasião, o banco central norte-americano lançou um programa de 400 bilhões de dólares para direcionar seu balanço de 2,85 trilhões de dólares mais fortemente a ativos de prazo mais longo.

Dentre os destaques do Ibovespa, OGX foi uma das líderes de ganhos, subindo 3,1 por cento, a 12,29 reais. O papel vem subindo desde semana passada, após a empresa informar que acertou a venda de duas cargas de petróleo para a Shell. Além disso, na véspera a companhia informou que seu controlador Eike Batista elevou sua participação na empresa, de 61 por cento para cerca de 62,5 por cento.

Entre as blue chips, as preferenciais da Petrobras subiram 1,32 por cento, a 19,16 reais, enquanto as da Vale valorizaram 1,72 por cento, a 40,23 reais.

A Petrobras informou que seu programa bilionário de desinvestimento não deverá incluir sua saída de qualquer país onde atua no momento, com a venda de ativos planejada para ocorrer de maneira apenas parcial.

(Edição de Aluísio Alves)