Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

HSBC pode vender operação em 4 países sul-americanos

Em relatório anual, banco afirma que América Latina foi o terceiro maior mercado; lucro líquido no primeiro trimestre foi de 2,58 bilhões de dólares

O HSBC anunciou nesta quinta-feira que está negociando a possível venda de suas operações na Colômbia, Peru, Paraguai e Uruguai em seu esforço para reduzir as operações globais e, assim, diminuir custos. O banco não deu detalhes das negociações em seu comunicado à Bolsa de Hong Kong, limitando-se a dizer que fará novos anúncios “se e quando for apropriado”.

Em seu relatório anual de 2011, o HSBC disse que a América Latina foi seu terceiro maior mercado, depois da Ásia e da Europa. Seu lucro pré-impostos na região, principalmente México e Brasil, cresceu 21% no ano passado, para 2,3 bilhões de dólares.

Em março, o HSBC já havia anunciado que encerraria suas operações na Eslováquia até o fim do terceiro trimestre. Nos Estados Unidos, o HSBC desfez-se de sua divisão de cartões de crédito e de uma rede de 195 agências no estado de Nova York, além de vender uma corretora no Canadá e encerrar operações de varejo na Rússia, no Chile e na Polônia.

No começo desta semana, o HSBC informou que teve um lucro líquido de 2,58 bilhões de dólares no primeiro trimestre, após um lucro de 4,15 bilhões de dólares no mesmo período do ano passado.

(com agência Estado)