Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo prorroga alíquota para importação de brinquedos

Por Rosana de Cassia

Brasília – Foi prorrogado por mais um ano, conforme antecipou a Agência Estado, o aumento do imposto de importação de 14 tipos de brinquedos, que venceria amanhã. A resolução da Câmara de Comércio Exterior (Camex) foi publicada hoje no Diário Oficial da União. Até 31 de dezembro de 2012 brinquedos como triciclos, patinetes, carros de pedais, carrinhos para bonecos; bonecos de modo geral, trens elétricos e quebra-cabeças, entre outros, permanecerão com a alíquota de 35%. A alíquota anterior era de 20%.

Segundo reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, se a alíquota de 35% não fosse prorrogada, os fabricantes nacionais de brinquedos corriam o risco de enfrentar importados a preços ainda mais atraentes para o consumidor. Mas apesar da alíquota maior, a reportagem constatou que houve aumento de 25,5% nas

compras externas dos brinquedos sobretaxados pelo governo. A intenção do governo, agora, é tentar convencer seus sócios no Mercosul a tornar permanente a alíquota de 35% para evitar maiores prejuízos aos fabricantes nacionais.

Em outra resolução, a Camex prorrogou também até 31 de dezembro de 2011 a vigência da alíquota de 35% do imposto de importação incidente sobre pêssegos e pêssego em calda.