Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gol busca maiores de 50 anos para vagas de atendimento

Segundo a empresa, os funcionários mais velhos têm qualidades importantes para atendimento ao público, como flexibilidade

Muitas empresas já perceberam os benefícios de empregar funcionários mais velhos. Esse é o caso da Gol, que acaba de lançar a campanha ‘Experiência na Bagagem’, que tem o objetivo de incentivar a contratação de trabalhadores acima de 50 anos.

Apesar de pessoas dessa faixa etária se encontrarem plenamente produtivas, elas encontram mais dificuldade para se recolocarem no mercado de trabalho.

Segundo a Gol, o objetivo da campanha é incentivar que profissionais com mais idade se candidatem às oportunidades de emprego na empresa.

“Percebemos que os funcionários mais velhos reúnem qualidades que são muito importantes para áreas de atendimento, como sensibilidade, atenção, responsabilidade, compromisso”, afirma Jean Carlo Nogueira, diretor de RH da Gol.

Não existe idade máxima para o interessado se candidatar a uma das vagas oferecidas pela Gol. Em um primeiro momento, a empresa planejou abrir para esse público vagas de atendimento nos aeroportos e por telefone.

Mas Nogueira afirma que não haverá restrição para o candidato buscar outras colocações (as vagas podem ser consultadas no site vagas.com/gol). A rotatividade média da companhia é de 50 postos de trabalho por mês.

A Gol tem 15 mil funcionários, com idade média de 30 anos. Com a contratação de trabalhadores mais velhos, a empresa pretende mesclar os dois públicos. “Nossa proposta é fazer um equilíbrio entre jovialidade e maturidade”, diz Nogueira.

Segundo o executivo, os funcionários mais experientes têm qualidades essenciais para trabalhar no atendimento dos aeroportos, como facilidade para lidar com o público, comunicativos e flexíveis.

A empresa também possui vagas para quem quer trabalhar em casa em atendimento telefônico.