Gasto de brasileiros no exterior desacelera para US$ 1,72 bi em outubro

Pelo terceiro mês consecutivo o montante deixado por brasileiros em viagens internacionais cai, devido às oscilações do dólar e ao desaquecimento econômico

O gasto de brasileiros no exterior chegou a 1,72 bilhão de dólares em outubro, segundo dados divulgados pelo Banco Central nesta terça-feira. Segundo a instituição, este é o menor número desde maio deste ano, quando o desembolso com viagens internacionais somou 1,66 bilhão de dólares. Esta foi a terceira queda seguida no indicador. Em setembro, os gastos já apresentavam recuo. Foram de 1,77 bilhão de dólares, ante 1,9 bilhão de dólares em agosto.

No acumulado de janeiro a outubro de 2011, a conta de viagens internacionais está deficitária em 12,2 bilhões de dólares. Enquanto estrangeiros deixaram 5,5 bilhões de dólares no país, brasileiros gastaram 17,7 bilhões de dólares. Apesar da queda do último trimestre, os brasileiros nunca gastaram tanto no exterior como neste ano.

A alta do dólar registrada em setembro (18%) acabou afetando a conta de viagens em outubro, apesar de a moeda ter recuado 9% no mês, para 1,70 real. Outro fator que influenciou o resultado foi o cenário incerto em relação à economia europeia e à crise do euro – que, apesar de não afetar a economia brasileira diretamente, tem feito com que empresas e pessoas físicas coloquem em pausa negócios e viagens, na espera por algum tipo de definição sobre os rumos econômicos.