Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

FMI diz que yen está sobrevalorizado e compreende intervenção

TÓQUIO, 12 Jun (Reuters) – O yen está moderadamente sobrevalorizado e intervenção é uma opção para diminuir a volatilidade, afirmou uma autoridade sênior do Fundo Monetário Internacional (FMI), num raro sinal de entendimento do combate do Japão à apreciação cambial.

O yen está subindo na medida em que atrai fluxos de portfólio seguro devido à crise da dívida da zona do euro, e a chance de os problemas da Europa piorarem podem levar a ganhos adicionais e apresentar um risco à economia japonesa, disse o FMI.

Grandes economias criticaram o Japão no passado por intervenções por meio de venda de yen, mas a demonstração de entendimento do FMI pode encorajar o Japão a entrar nos mercados caso outro salto do yen ameace os lucros dos exportadores e a recuperação da economia depois do desastre natural do ano passado.

“Nossa visão é que o Japão, como qualquer outra economia avançada, deve ter uma taxa de câmbio flutuante estabelecida pelos mercados”, disse o primeiro vice-diretor gerente do FMI, David Lipton, nesta terça-feira.

“No entanto, por causa da Europa nós vemos fluxos de capital voláteis. Intervenção pode ser usada para evitar mercados desordenados, mas isso deve vir dentro do contexto de mercados com livre flutuação.”

Lipton falou depois que o FMI divulgou consultas sobre a economia e a política fiscal do país.

(Reportagem de Stanley White e Tetsushi Kajimoto)